#

← scroll down

A Microsoft volta a instalar apps no Windows 10 sem a autorização dos utilizadores

Notícia publicada no Pplware a 19 de Outubro de 2020.

O controlo que a Microsoft tem no Windows 10 é grande. Mesmo que os utilizadores queiram ter o domínio sobre o que é instalado no sistema, a gigante do software tem muitas vezes uma palavra a dizer e controla muitos aspetos.

Isso tem sido visto nas atualizações, onde há algumas que simplesmente são instaladas sem autorização. Este passo parece ter sido agora alargado e há um novo conjunto de apps que estão a ser instaladas sem qualquer controlo dado aos utilizadores do Windows 10.

 

Apps web do Office que ninguém pediu

As PWA (Progressive Web Apps) são uma forma de criar apps baseadas em páginas ou serviços web. Estas vivem dentro de uma janela do browser e ali podem ser usadas como se tivessem instaladas no Windows 10 ou outro qualquer sistema operativo.

Até agora, estas PWA do Office estavam disponíveis para serem instaladas de forma manual e ao gosto dos utilizadores. Estes decidiam se e quando queriam ter presentes no browser as propostas da Microsoft para aceder ao Office pela Internet.

A Microsoft volta a instalar apps no Windows 10 sem a autorização dos utilizadores 

 

Microsoft força PWA no Windows 10

É precisamente estas app, focadas no Office, que agora estão a ser instaladas no Windows 10, sem qualquer notificação ou autorização dos utilizadores. Simplesmente aparecem no sistema operativo, onde a Microsoft espera que sejam usadas por todos.

Inicialmente os relatos revelavam que seria uma experiência da Microsoft para os utilizadores do Windows 10 que estava no programa Insiders. No entanto, e segundo informações mais recentes, estão a ser instaladas em versões estáveis deste sistema operativo.

windows 10

 

Instalação forçada e sem controlo

Para serem instalados, o Windows 10 está a reiniciar de forma automática, sobretudo sem consultar os utilizadores. Claro que estes podem depois remover estas PWA e, que na verdade não ocupam espaço no Windows.

Esta parece ser uma forma clara da Microsoft promover a versão web do Office e as suas PWA junto dos utilizadores. A forma como esta está a ser feita é que não parece ser a mais correta, uma vez que está a ser imposta aos utilizadores.

codefive