#

← scroll down

Depois do vídeo, agora o WhatsApp deixa controlar a qualidade das imagens partilhadas

Notícia publicada na Pplware a 9 de Julho de 2021.

O WhatsApp está apostado em tornar a sua app móvel muito mais eficiente e com um consumo muito menor de dados. Para isso tem criado novas soluções que coloca em teste junto da sua comunidade muito alargada de utilizadores.

Após termos visto recentemente uma alteração de peso na partilha de vídeos, chega agora a vez das imagens e da partilha destas. As mesmas funcionalidades que surgiram há pouco, tornam-se disponíveis agora, mas para as imagens.

Ao longo do tempo, o WhatsApp tem procurado desenvolver as melhores opções para os seus utilizadores e para as apps que estes usam de forma diária. As áreas em que investe vão muito para além do que seria óbvio e apostam em otimizar a utilização de dados por parte dos utilizadores.

Estas melhorias e novidades são focadas no utilizador, procurando que este tenha acesso a uma app mais simples e otimizadas. Assim, surgiu recentemente a possibilidade de decidir a qualidade dos vídeos que são enviados pelo utilizador, para poupar dado e tempo.

Essa melhoria parece lógica e dá ao utilizador um maior controlo, sendo por isso lógica a alteração do WhatsApp que está agora a chegar. Esta transpõe para as imagens a mesma funcionalidade, permitindo escolher a qualidade com que estas vão ser enviadas.

Tal como no vídeo, a qualidade das imagens ficará ao critério dos utilizadores, com 3 níveis possíveis. Será uma opção central e que será aplicada de forma transversal a todas as imagens partilhadas pelo utilizador. A qualquer momento esta pode ser alterada.

Na mesma área das configurações do WhatsApp, o utilizador terá a opção para escolher uma das 3 possibilidades. Temos assim a opção Auto, melhor qualidade e poupança de dados, sendo estes 3 níveis auto explicativos sobre a qualidade que vai ser aplicada.

Esta é mais uma opção que está a ser desenvolvida pelo WhatsApp para chegar em breve às versões de testes deste serviço. Após estas fases, será lançado de forma global e acessível a todos os utilizadores.

codefive