#

← scroll down

Instagram vai retirar o swipe-up das histórias

Notícia publicada no Pplware a 24 de Agosto de 2021.

Sempre que um utilizador do Instagram, com mais de 10.000 seguidores ou verificados, queria redirecionar os seguidores de uma história para alguma plataforma externa, podia recorrer ao swipe-up. Contudo, a rede social confirmou que esta funcionalidade será redesenhada.

A partir do dia 30 de agosto, ao invés do swipe-up, os utilizadores terão à disposição um sticker com o link externo.

Segundo confirmou, o Instagram está a planear suspender a funcionalidade de swipe-up presente nas histórias dos utilizadores com mais de 10.000 seguidores. Aquela permitia que os seguidores fossem redirecionados para uma qualquer plataforma externa.

A partir de 30 de agosto, em vez de deslizar para cima, por forma a aceder ao conteúdo externo, o Instagram disponibilizará stickers: autocolantes que podem ser adicionados às histórias e redirecionarão os utilizadores, após tocarem neles (como já acontece com a localização ou as hashtags, por exemplo).

swipe-up

Mensagem no Instagram sobre a alteração do swipe-up | Fonte: The Verge

O Instagram diz estar a suspender a funcionalidade de swipe-up para “simplificar a experiência de criação de histórias”, bem como garantir mais “controlo criativo”, uma vez que o swipe-up não era personalizável e os stickers serão. Além disso, outra diferença significativa prende-se com o facto de os seguidores não poderem responder a uma história onde tenha sido adicionado um link em swipe-up, ao passo que poderão fazê-lo quando o link estiver anexado a um sticker.

Em junho, o Instagram começou a testar os novos stickers nas contas de vários utilizadores. Nessa altura, Vishal Shah, o então chefe de produto da rede social, revelou ao The Verge que os stickers se encaixavam mais na forma como as pessoas utilizam a plataforma, atualmente. Mais do que isso, disse que o objetivo passava por distribuí-los amplamente.

Para já, o Instagram diz que os stickers ficarão disponíveis apenas para as pessoas que já tenham acesso ao swipe-up. Todavia, ainda está a avaliar a forma como vai lançar a funcionalidade.

codefive