#

← scroll down

“Teleréveillon” faz aplicações do Facebook quebrarem recordes

Notícia publicada no Sapo TEK a 04 de Janeiro de 2021.

Foram 55 milhões de diretos e mais de 1,4 mil milhões de chamadas registadas no Whatsapp, Instagram e Facebook, só no dia 31 de dezembro.

A pandemia de COVID-19 obrigou a fazer festas mais contidas, tanto na altura do Natal, como na passagem de ano. Em consequência, multiplicaram-se os convívios virtuais, o que levou o WhatsApp a quebrar recordes. De acordo com o Facebook, foram cerca de 1,4 mil milhões, as chamadas feitas na app no dia 31 de dezembro.

O número representa um novo máximo para a aplicação de mensagens. Note que, no ano anterior, o valor tinha sido 50% inferior ao agora atingido, diferença que se justifica, naturalmente, por, à data, ainda não ter sido declarada pandemia. É importante sublinhar, no entanto, que o número é superior aos registados durante a fase inicial da pandemia.

No Facebook Messenger, o volume de videochamadas de grupo foi também o maior de sempre.

A tecnológica indica ainda que foram realizados mais de 55 milhões de diretos, entre o Facebook e o Instagram.

Para fazer frente ao tráfego, a empresa admite que teve de fazer alguns ajustes técnicos que lhe permitissem manter o nível de eficiência em todas as aplicações que disponibiliza. O esforço implicou também o destacamento de equipas de apoio técnico que se mantiveram vigilantes durante todo o dia 31 de dezembro.

Este é mais um exemplo de como a internet permitiu às populações manterem as suas rotinas e eventos, ainda que à distância. Em Portugal, as operadoras registaram aumentos em quase todo o tipo de tráfego, ao longo do ano.

codefive