#

← scroll down

Um “apagão” no Instagram? Rede social já foi notificada dos problemas sentidos pelos utilizadores

Notícia publicada no Sapo TEK a 02 de Setembro de 2021.

“Estamos a trabalhar para fazer com que tudo volte ao normal o mais rapidamente possível”, afirma fonte oficial do Facebook ao SAPO TEK, lamentando o incómodo causado aos utilizadores.

Está a sentir dificuldades no acesso ao Instagram? São vários os utilizadores um pouco por todo o mundo que registam problemas semelhantes, em particular, no que toca à atualização do feed da popular aplicação da rede do Facebook.

Em declarações ao SAPO TEK, fonte oficial do Facebook indica que a empresa já foi notificada da existência de problemas no acesso ao Instagram. “Estamos a trabalhar para fazer com que tudo volte ao normal o mais rapidamente possível”, afirma, lamentando o incómodo causado aos utilizadores.

De acordo com dados do portal DownDetector, em Portugal, os utilizadores começaram a reportar falhas no acesso ao Instagram por volta das 11h. O número de queixas foi crescendo entretanto, e, pelas 12h35, registou-se um pico de 1.262 reclamações relativas a problemas na rede social.

Instagram

O website dá também a conhecer que entre os problemas mais notificados se destacam falhas no acesso ao Instagram através da aplicação mobile (48%). Existem também problemas no que toca à ligação com o servidor (29%), assim como no acesso à versão desktop da rede social.

Recorde-se que, em março deste ano, as redes sociais do Facebook, incluindo o Messenger, o Instagram e o WhatsApp estiveram em baixo para muitos utilizadores.

Segundo o DownDetector, apenas no WhatsApp foram reportados mais de 23.000 queixas dos utilizadores que não conseguiam enviar mensagens. O Messenger foi alertado por mais de 5.000 utilizadores também na última hora, e no Instagram alguns receberam páginas de erro enquanto tentavam autenticar-se. De acordo com o serviço, cerca de 90% de utilizadores de Whatsapp em todo o mundo foram afetados.

Os serviços estiveram em baixo por cerca de uma hora, mas foi o suficiente para deixar vários utilizadores nervosos no Twitter. Como já é costume, o tema deu origem a memes engraçados, que não demoraram a surgir.

Já fora do universo do Facebook, em junho, os websites de vários serviços um pouco por todo o mundo registaram interrupções devido a problemas técnicos. No início desse mês, Paypal, Reddit e até diversos meios de comunicação como CNN, Financial Times, BBC e New York Times estiveram inacessíveis durante muitas horas.

O problema esteve associado ao Fastly, um fornecedor de serviços cloud dos Estados Unidos que assegura o funcionamento dos sites. A empresa atribuiu o problema a um ‘bug de software’ que foi desencadeado quando um cliente alterou uma configuração.

Dias depois, websites como os da Bolsa de Hong Kong, o Australia Post, Reserve Bank of Australia e companhias aéreas com sede nos Estados Unidos tiveram interrupções nos seus serviços online devido a problemas técnicos.

A Akamai comunicou depois  que estava ciente do problema e a trabalhar para restabelecer os serviços o mais rapidamente possível. Muitos serviços estavam a funcionar após cerca de uma hora, mas as empresas afetadas disseram que estavam a fazer horas extraordinárias para evitar mais problemas.

codefive