#

← scroll down

Windows 11: O seu PC vai poder instalar esta versão? Saiba quais os requisitos

Notícia publicada no Pplware a 21 de Junho de 2021.

O Windows 11 deverá chegar esta semana, no evento que a Microsoft tem preparado para a sua apresentação. Todas as provas apontam para que seja este o nome da próxima grande versão deste sistema, sendo assim já quase uma certeza.

Com um conjunto de certezas já conhecidas sobre este sistema, é hora de saber os requisitos que este vai exigir. Não são ainda oficiais, mas mostram de forma clara quais as máquinas que vão poder correr o Windows 11 sem qualquer problema.

Tudo apontava para que a Microsoft seguisse a linha do Windows 10 quanto a requisitos para correr o novo sistema. O Windows 11 tem sido testado em máquinas que se consideram atuais, algo que nem todos os utilizadores têm para usar no dia a dia.

Agora, e resultado de testes, surgiu o que são considerados os requisitos mínimos para este sistema. Não são extremamente elevados, mas mostram que o Windows 11 poderá ficar fora de algumas máquinas que ainda estão a uso e que se considerava que poderiam receber este sistema.

  • O armazenamento deverá ser de pelo menos 64 GB.
  • O PC deve suportar TPM 2.0.
  • O PC deve suportar Secure Boot.
  • Deve ter pelo menos 4 GB de RAM.

 

Windows 11

Se os requisitos de armazenamento e memória são facilmente alcançáveis e até compreensíveis, os restantes podem ser muito mais complicados. A Microsoft parece querer fazer do Windows 11 um sistema que corre em hardware mais seguro e mais recente.

O suporte para o secure boot surgiu em 2013, com a chegada do Windows 8, e garante que o arranque é seguro com o UEFI. Já o TPM 2.0passou a ser necessário para certificar marcas com o Windows 10 em 2016. Este último poderá ser o mais complicado de todos, por ser o mais recente.

Windows 11

Saber se o TPM 2.0 está presente e pode ser usado é simples e rápido. Basta abrir uma janela de DOS ou de PowerShell e executar o comando tpm.msc. Na janela aberta devem confirmar que a versão presente é a 2.0, como mostrado na imagem acima.

Falta ainda a Microsoft confirmar estes requisitos mínimos para o Windows 11, mas tudo aponta para que sejam reais. Caso sejam os corretos, muitos utilizadores que contavam ter este sistema nas suas máquinas vão acabar por ficar de fora.

codefive